Pesquisa Ex-Ibope antecipa a consolidação da oposição no 2° turno; o recado de Edivaldo foi direto ao contestar pesquisa “fake”

O ex-prefeito de São Luís e candidato ao Governo do Maranhão, Edivaldo Holanda Júnior (PSD), ao criticar o governador Carlos Brandão e o ex-governador Flávio Dino, ambos do PSB, deixou claro qual caminho seguirá no segundo turno da eleição para o Palácio dos Leões.

 

A dupla tenta esvaziar o ex-prefeito passando ao eleitor uma imagem na qual ele figura como um postulante fraco e que estaria perdendo, por exemplo, para Lahesio Bonfim, ex-prefeito de São Pedro dos Crentes e candidato do PSC.

 

A tática é ludibriar o eleitor trazendo para o Estado uma polarização que impera, à nível nacional, entre Lula e Bolsonaro.

 

O sonho de Brandão é disputar um segundo turno com o médico “bolsonarista” que já foi do PT, PDT, PSB e PSL.

 

A gota d´água para Edivaldo ocorreu ontem, antes mesmo da divulgação da pesquisa de intenção de voto para o Governo realizado pelo Instituto Ipec, ex-Ibope.

 

O ex-prefeito, nas redes sociais, classificou o levantamento, contratado pela TV Mirante, aliada de Dino e Brandão, como falso e cravou: “Começou a corrida de quem será campeão das FakeNews. A Mirante vai divulgar uma pesquisa Fake para confundir o eleitor. Na verdade, os poderosos estão desesperados com os verdadeiros números e inventam uma pesquisa. Quando se junta um governador incompetente e um outro político que acha que é dono do Maranhão, o resultado é mentiras. A dobradinha Dino com Sarney é a única verdade na eleição”.

 

Antes de ingressar no PSD, Edivaldo pertencia aos quadros do PDT, partido que tem como candidato o senador licenciado Weverton Rocha que, de acordo com todos os levantamentos sérios divulgados até o momento, polariza a disputa com a opção pessoal de Dino.

 

As duas legendas integram uma ampla frente partidária que apoia a reeleição do senador Roberto Rocha (PTB) e que fechou questão em aderir ao projeto daquele que estiver no segundo do pleito governamental.

 

Diante das declarações de Edivaldo, fica cristalino que ele cumprirá o acordo feito pelos partidos que fazem oposição ao projeto de poder que pretende continuar controlando o Maranhão. Blog do Gláucio Ericeira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Publicidade

Publicidade
Publicidade