Vargem Grande: Policial Civil deu voz de prisão ao médico filho de Daniel Silveira por desacato no HMBM

– Daniel Silveira em bate-boca com os agentes da civil no HBMS

Um agente da polícia civil deu voz de prisão a um médico que estava de plantão nesta manhã no Hospital Municipal Benito Mussolini de Sousa, após o profissional se negar a realizar um exame cadavérico e ainda agir com desacato a um represente legal do estado no exercício do estrito cumprimento do dever legal.

De acordo com informações obtidas pelo blog, o médico trata-se do filho do procurador do município, o advogado Daniel Silveira.

Silveira ao chegar no local, bateu boca também com o agente, mas a situação foi contornada com a chegada de mais agentes da Polícia Civil.

Coincidência

Foi mera coincidência o fato ter ocorrido exatamente na hora em que José Henrique Uchôa Diniz, o Professor, preso acusado de fraudar o concurso público em Vargem Grande, está realizando os exames de corpo de delito.

Com o compartilhamento do vídeo abaixo nas redes sociais, o fato chamou logo atenção, pois muitos pensavam que o procurador estava brigando para acompanhar os fraudadores do concurso, na realização dos referidos exames, o que seria algo muito contraditório, mas foi mera coincidência.

A delegacia de polícia de Vargem Grande deve abrir um procedimento para apurar o ocorrido no Hospital Municipal.

Veja o vídeo da discussão

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Publicidade

Publicidade

Publicidade
Publicidade